quinta-feira, 21 de março de 2013

MAIS UMA VEZ: PARABÉNS DAVI! OBRIGADO SENHOR!


Quero publicar novamente um texto postado ano passado...Creio que será relevante!


Quero prestar uma homenagem a alguém muito especial. Meu amigo, irmão, ovelha, Davi. Ele tem 28 anos, é uma figura. Joga futebol, brinca, é um cristão comprometido, é inteligente, doce, amável.
Davi gosta de paquerar, adora recolher os copinhos logo depois da celebração da Ceia. Ama futebol, embora não tenha um bom gosto, é vascaíno. Tem sempre um sorriso no rosto, exceto quando é substituído no campo. Sabe abraçar, sabe como extrair um sorriso de alguém e consegue ser amado pelo simples fato de amar. Ah! Ia esquecendo, o Davi tem Síndrome de Down. Mas isso nem é tão importante, o que é crucial mesmo é saber quem ele é e o que significa tê-lo em nosso meio.
Desde o primeiro encontro com Davi decidi que o trataria como diferente, mas não como incapaz. Sim, como diferente porque ninguém é igual. Cada um tem suas marcas pessoais, seus defeitos e virtudes. Na Comunidade Presbiteriana de Conde ele é um membro como outro qualquer, no rebanho ele é ovelha como todas as demais. É tão precioso para Deus quanto qualquer outro.
Aqui Davi é tratado de acordo com suas peculiaridades. Suas posturas inadequadas são corrigidas como as dos demais, seus acertos são reconhecidos como os dos outros. Mas aqui não o vemos como coitadinho.  Ele não é!
Davi é limitado em algumas coisas e reconhecemos isso, e você não é?
Hoje é o dia Internacional da Síndrome de Down. Comecei falando sobre o Davi porque queria que você pensasse um pouco sobre a forma que olha quando vê um “Down”. Geralmente as pessoas sentem “pena”. Outras são mais preconceituosas ainda e os tratam com desdém, com desrespeito.
Pessoas com Down não são menos importantes do que os “normais”. Afinal de contas, quem é normal? Elas são gente e querem ser tratadas assim. Não querem ser vistas como coitadinhas. Definitivamente, elas não são. Como eu e você, carecem de amor, carinho, dedicação, normas, limites, aplausos, reclamações, sorrisos, oportunidades...
Então meu caro amigo, por favor não imagine que quem tem Down é um doente e que a “doença” dele pode lhe fazer mal. Na verdade, o doente é você. Procure imediatamente um tratamento adequado. Quando ficar curado você perceberá como é bom amar.
Cada vez que abraço ou sou abraçado pelo Davi sinto amor, carinho e respeito. Quando ele vem brincado e me chama de “Gordo Fraco” logo após me vencer em uma “queda de braços” ou ao fazer um gol durante nossos jogos, percebo como Deus foi bondoso comigo ao colocar Davi em minha vida.
Obrigado meu Deus porque através de Davi o Senhor mostra-me como sou limitado.
21 de Março - Dia Internacional da Síndrome de Down


Deus nos cuide!
Um abraço,

Pr. Caco


2 comentários:

vera salvador disse...

Quem não é limitado.
Assisti hoje pela manhã uma entrevista com um pai muito especial, especial porque ele aos 14 anos teve um sonho em que tinha muitas crianças ao seu redor, e depois chegava uma mulher com um menininho nos braços e ele olhava e dizia eu quero este.neste momento ele notou que a criança tinha um rostinho diferente. Alguns anos depois no parto de sua esposa ele assistindo viu quando a criança nasceu e olhando pra ele se lembrou do seu sonho quando adolescente... E começou a chorar, o médico perguntou a ele o que estava acontecendo, ele respondeu estou recebendo um presente de Deus que Ele já tinha me dado a muitos anos atras. Isto é um amor incondicional. Um amor que não tem limites. Você esta agindo como um pai que ama o seu filho que não quer e nem gostaria que as pessoas o desprezassem. Continue agindo dessa maneira, mostrando as suas ovelhas que você tem um amor incondicional por elas.

António Jesus Batalha disse...

Desejo-lhe paz de Jesus.
Seu blog é muito bom, e pela escrita nota-se que á alguém que ama Deus e ao proximo.
É lendo blogs como o seu que crescemos e aprendemos, blogs que ensinam sobre uma nova vida e dão esperança nesta vida de correria. Gostei do seu abençoado blog.
Aproveito a oportunidade para compartilhar também meu blog. Peregrino E Servo.
Que Deus continue a abençoar-vos ricamente.
Ps. Se desejar seguir o meu humilde blog, saiba que irei retribuir.
Antonio Batalha.