sábado, 1 de janeiro de 2011

O QUE HÁ DE NOVO NO ANO NOVO?


                Começamos um ano novo, cheio de promessas, acordos, acertos, novidades... Novidades? Diria que ao menos no meio dito evangélico não há nada novo. As coisas continuarão exatamente como estão, ou no máximo, evoluirão negativamente.
                Os hereges neopentecostais continuarão inventando correntes, descarregos, curas, exorcismos, dízimos especiais, libertações e toda sorte de aberrações que apenas servem para manter idiotas úteis aprisionados aos seus sistemas de escravização eclesiástica de homens e mulheres ávidos por milagres, curas, promessas e prosperidades.
                Pessoas egoístas e ambiciosas adotarão todas as mazelas criadas pelos acima citados, seguirão cegamente os “malafalhas” da vida, viverão essa loucura de um “show sem fé”, caminharão diariamente nessa heresia “mundial sem poder de Deus”, amarão tanto os falsos mestres e suas mentiras que “maiscedo” ou mais tarde apenas evidenciarão que esses “pastores de si mesmos” nada mais são que juízo de Deus sobre suas vidas.
                Os ritualistas e tradicionalistas continuarão tentando manter as coisas exatamente como elas estão. Nunca estarão envolvidos em polêmicas, afinal de contas, eles sempre são muito éticos. Mas rejeitarão tudo que for “novo”, não deixarão espaço para inovações, para alterações na conjuntura de “suas igrejas”.  Afinal de contas eles são os “paladinos da verdade”.
                Podem ser tradicionalistas do tipo que se acham reformados ou os que se colocam como pentecostais históricos. São dois podres lados da mesma mazela que apenas inferioriza os cristãos por nunca alcançarem o padrão farisaico que exigem.  Infelizmente continuarão arrebanhando seguidores que não tem tempo para ler as Escrituras e ficarem livres do peso.
                Há ainda tanta coisa que continuará como está: liberais continuarão transformando ou tentando transformar a fé em mito; evangelicalistas permanecerão promovendo eventos voltados para o ego humano, pseudo-apóstolos perpetuarão suas mentiras... Enfim, nada há de novo no ano novo.
                Nem mesmo os insanos que pregam contra tudo isso mudam.  Permaneceremos firmes dizendo que pecado é pecado. Seremos tidos por mal educados, incompreensivos, frios, grosseiros... Não deixaremos de lado a nossa responsabilidade de ser coluna da verdade. Preferimos perder amigos, ser dispensados, postos de lado, descartados, mas não mercadejamos a Palavra.
                Em suma, nada muda em 2011... Eles continuarão fazendo heresia e nós permaneceremos ainda mais implacáveis atiçando mentes!

Dedico este texto àqueles que tem o compromisso de em 2011,2012,2013 e até o fim permanecer pregando firmemente a Palavra de Deus. 
Especialmente aos meus irmãos atiçadores aqui do ORTOPRAXIA: Joelson, André e Temístocles.
Pr. Caco

3 comentários:

Julyanne Rezende disse...

Bakana a postagem ... Eh a realidade nua e crua ... bjão ;]

Givaldo Lima disse...

Muito boa a reflexão!
Mas ainda haverá aqueles que lutarão, ainda que sozinhos, pela manutenção da verdade.
Paz.

André Bronzeado disse...

Pr. Ricardo, de fato causa tristeza sabermos que cada vez mais os hereges de nosso tempo continuam a macular o Evangelho com suas espertezas. É plenamente possível compararmos a nocividade das promessas de bênçãos feitas nessas pseudo-igrejas com a venda de indulgências na idade média. Um ano novo, infelizmente, é sinônimo de que "novidades" vêm por aí. Paz! Excelente texto.