quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

A Adoração Bíblica


Olá Queridos,
Depois de muito tempo estou de volta com o Ortopraxia. Peço-lhes desculpas pela imensa demora.

O que é adoração? Creio que essa é uma questão que tem sido posta de várias formas bastante antropocêntricas. Os cultos são voltados para a satisfação pessoal daquele que se diz adorador. Dê uma olhada comigo no Salmo 95 e vejamos um pouco sobre a verdadeira adoração.

1. É uma Adoração Alegre– v. 1

Não há como imaginar povo de Deus, povo que adora ao Deus todo poderoso sem que seja cheia da mais imensa e indizível alegria. Se você adora ao Senhor, deve estar tomado de alegria, fruto da ação poderosa do Senhor Deus!

Muitas pessoas acham que ser cristão resulta em cara feia, olhar carrancudo, expressão de sofrimento, de dor. Ah! Meus queridos é exatamente o contrário. Nós temos que ser o povo mais feliz do mundo. Somos adoradores do Rei dos reis. Fomos comprados por preço de precioso sangue de Cristo. Estávamos condenados, perdidos e Jesus Cristo, o Senhor Absoluto nos resgatou. Como não ser alegres?

O fim supremo e principal para o qual você foi criado é: Gozar a Deus e glorificá-lo, plena e eternamente! Ou seja, você deve glorificar a Deus e ter prazer total em fazê-lo. Mas espere um pouco, isso vai muito além do culto do domingo a noite, é durante toda a semana, durante todos os dias da sua vida.

Você eu somos convocados a termos imensa alegria, imenso prazer em oferecer nossa vida como culto ao Senhor (Rm 12.1-2), porque na verdade nós somos o templo, a morada do Espírito Santo que é Deus ! Nós somos pedras vicas que se achegam a Cristo e rendemos a ele culto!(1Pe2.)

2. É Adoração Cheia de Gratidão – v. 2

Éramos por natureza mortos em delitos e pecados, estávamos condenados a morte eterna. Não havia em nós NADA do qual Deus, o que é Santo, Santo, Santo pudesse se agradar! Nascemos em pecado, somos miseráveis pecadores. Mas Cristo se deu na cruz do calvário em nosso lugar. O verbo se fez carne e habitou entre nós, cheio e graça e verdade. Ele não apenas habitou entre os homens, mas se deu em resgate de muitos, entregou a própria vida, numa cruz, se fez maldito (Porque maldito o que for pendurado no madeiro Gl 3.13) para nos redimir, nos arrancar do lamaçal do pecado.

Cultuar a Deus e gratidão estão tão ligados que sem gratidão ao Senhor não há culto. Se em nossos lábios não houver sempre motivos de gratidão a Deus, devemos então questionar se de fato Cristo se deu na cruz em nosso lugar! Se você eu não formos capazes de olhar para nossa vida e ser gratos por tudo o que o Senhor tem feito, certamente não temos sabido reconhecer que sem Ele nós estaríamos condenaos e se isso está acontecendo, nós estamos perdidos!

Culto ao Senhor é vida cheia de gratidão pelo que Ele é, pelo que ele tem feito e pela certeza do que ele fará!

3. É Adoração ao Deus Supremo vs. 3-5

Não outros deuses, não há outros criadores. Satanás não criou nada. O que ocorre é que muitas vezes nós temos criados falsos deuses e os temos adorado. Infelizmente a o homem tem mudado a glória incorruptível de Deus em imagem corruptível e tem adorado a criatura ao invés do criados (Rm 1). A humanidade tem se perdido imaginando pseudo divindades e tem se tem deixado guiar perdidamente nos seus próprios caminhos. Assim é com os que adoram animais, árvores, homens, com que se prostram diante de imagens de homens ou de animais. Imagens sejam elas do que forem não têm poder, elas estão mortas (Sl 115).

Há apenas um Deus! Não há outro, somente o Senhor é Deus, somente Ele criou o céu, a terra, o mar e tudo que nela se contém. Somente a Ele pertencem todas as coisas, todos os seres, todos os anjos! ELE É O REI ENTRONIZADO ETERNAMENTE! ELE É O REI ABSOLUTO.

Sem esse reconhecimento não há culto. A idéia de que todas as religiões são boas e levam a Deus é mentira, é enganação tremenda, é cilada de Satanás que quer ser adorado como se fora um deus. Somente os que se prostram diante do ÚNICO DEUS é que estão prestando o culto verdadeiro.

4. É Fruto de Coração Quebrantado – v.6,7b-11

Eu sou bom, sou filho do Rei, sou ungido do Senhor. Aquele fulano ali não! Eu sou o bom, eu dei um lugar para Jesus no meu coração, eu sou um homem sem pecado. Essas frases não cabem na boca de alguém que realmente teve uma experiência de conversão a Jesus Cristo. Não cabe nos lábios que adoram ao Senhor Deus.

Servo de Deus é servo quebrantado, humilhado, humilde que reconhece em todo tempo que nada tem de bom. Que é miserável pecador e que, por mais que tente, não conseguirá deixar de ser até que Cristo volte. O escravo do Senhor Deus olha para si mesmo e é consciente de sua pecaminosidade, sabe que seu modelo é Cristo que seu paradigma é o próprio Senhor Jesus e que jamais conseguirá ser perfeito nessa terra pecaminosa. Por isso ele se quebranta diante do Senhor e clama diariamente perdão pelos seus pecados.

Não pode haver culto sem coração humilhado diante do Senhor e não há coração quebrantado que não seja aceito e consolado no trono da graça!

5. É Adoração de Ovelha ao Pastor – 7a

Por fim, O culto bíblico é aquele que é dedicado por ovelhas do pastoreio de Deus. Ninguém que adora qualquer outro ser que não seja o Deus Soberano poderá oferecer culto verdadeiro. O servo do Senhor sabe que é uma ovelha e que tem um pastor. Ele ouve a voz do seu pastor e ao ouvir a sua voz (a PALAVRA) ela se alegra e corre exultante ao encontro do pastor.

A ovelha sabe que quando a caminhada for por vales difíceis de passar o pastor estará com ela. Ela sabe que o pastor a levará para junto das águas de descanso, sabe que Ele proverá alimento, livrará dos lobos da caminhada. A ovelha é convicta de que o pastor não medirá esforços para mantê-la no caminho que a levará para casa sob a proteção do pastor (Leia o Salmo 23).

Ah! Meus queridos, somente as ovelhas de Jesus o adoram, somente os que se dobraram diante de Cristo poderão oferecer o mais real e aceitável culto ao Senhor!

Conclusão:

Deus quer adoradores que o adorem em espírito de alegria, com o coração cheio, pleno de gratidão; adoradores que o reconheçam como Criador e Governador de todas as coisas. Adoradores quebrantados, humilhando ante à face do Rei e adoradores que sejam ovelhas dispostas a ouvir a voz do pastor. Se não for assim Ele não aceitará.

VOCÊ QUER MESMO SER UM ADORADOR?


5 comentários:

Maranganha disse...

A adoração não é um sentimento, não é um estado de espírito, não é uma escolha, mas uma atitude.

A atitude de adorador é a de reconhecer a Deus como Grande mesmo estando com raiva dEle, é ter fé nEle mesmo questionando sua vontade.

Adorar com alegria todo mundo adora, mas adorar com atitude está ficando raro.

Thaise disse...

Adorar a Deus vem do interior dos coraçoes. Adorar com alegria, é reconhecer que foi pra isso que fomos feitos, para o louvor e adoração a Deus.Unico supremo, majestoso. O tema Ortopraxia, foi abordado com muita precisão.Um tema que podera esclarecer a muitos!
Deus o abençoe Pastor Ricardo e a todos.

JULIANA disse...

"(não há outros criadores. Satanás não criou nada. O que ocorre é que muitas vezes nós temos criados falsos deuses e os temos adorado)"

CONCORDO COM VOCE,AS VEZES ESQUECEMOS QUEM É O UNICO CRIADOR, A QUEM DEVEMOS AGRADECER POR MAIS UM DIA, PELA SAÚDE, PELA FELICIDADE, PELAS LAGRIMAS,... NÓS ESQUECEMOS DE QUE SÓ DEUS TEM O PODER DE DAR A VIDA,E POR CONSEQUENCIA DIREITO DE TIRA-LA TAMBEM.....E O PIOR DE TUDO SAO AS PESSOAS QUE TEM A CAPACIDADE DE CULPA-LO PELOS SEUS FRACAÇOS E DESILUSOES......
SOU CATOLICA E ACREDITO QUE OS SANTOS INTERCEDEM POR QUEM
TEM FÉ, MAS ACREDITO TAMBEM QUE SO DEUS TEM PODER ABSOLUTO.....
E SÓ ELE DEVE TER NOSSA PLENA E TOTAL ADORAÇAO .......

Isaac Marinho disse...

Realmente...

O verdadeiro culto e a verdadeira adoração não consistem na ostentação de um "invejável" aparato ritualístico, mas no ato de vivenciar a cada momento de nossas vidas essa experiência maravilhosa que é viver em Deus, por Deus e para Deus.

Deus tem procurado pelos verdadeiros adoradores, aqueles que o adorem em espírito e em verdade.

Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.
(João 4.23)

Que o Senhor Deus ache em nós os verdadeiros adoradores!

Que a paz seja contigo.

Abraço.

Pastor Marcelinho disse...

Meu amigo, sou seguidor de seu blog, quero lhe dar uma sugestão. V se tu põe os artigos na página principal.
Quando vamos ler um artigo muito antigo, temos que passar página por página.
Um abração!
Shalom!