quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Um Reflexão

Andei pensando esses dias sobre a Igreja Evangélica Brasileira. Refleti sobre algumas coisas que tenho lido, ouvido e visto. Este texto de hoje é o resultado dessa reflexão.
Hum! Dizem que somos mais de 30 milhões. Sinceramente isso não me empolga nenhum um pouco. Até me preocupa. É gente demais dizendo que é crente, professando Cristo e que vive tendo o próprio “ventre” como seu deus.
O “mercado da fé” tem de tudo. Se quiser você tem a unção do leão, a unção de conquista, pode ter também o “Jesus Tabajara, aquele a quem você entrega sua a vida e seus problemas acabaram (só falta vir com équio). Já vi coisas do tipo, urinar nos terrenos para demarcar área para Jesus, ou galo que falava em línguas “estranhas”. Por outro lado há os fariseus, aqueles que proíbem tudo, mas criam as “lacunas” na lei para que possam permitir os seus “pecados leves”. Sem falar nos fofoqueiros, mentirosos, enganadores, caluniadores, desonestos, politequeiros, dos pastores dominadores do rebanho (que não é deles - é do SENHOR)....
Precisamos de AVIVAMENTO. É urgente que reconheçamos que somos pecadores e que deveríamos temer cair nas mãos de um Deus irado, pois cair nas mãos dEle é terrível coisa (Hb 10.31). É urgente que busquemos ser um povo santo, pois o Deus a quem dizemos servir é SANTO (Is 6.3; 1Pe 1.15).
Não podemos mais viver com malditas máscaras de uma igreja hipócrita, inerte, irrelevante, corrompida por escândalos diversos, por líderes arrogantes, tiranos, legalistas ou antinomistas, calados em face do pecado daqueles que "pagam pela profecia desejada".
É hora de REFORMA! É hora de clamar: Aviva tua obra Senhor! Precisamos de quebrantamento, de arrependimento sincero! Está no tempo de nos converter dos maus caminhos, de humilharmo-nos e chorar diante do Rei, clamando que tenha misericórdia do povo que se diz propriedade peculiar do de Yahweh, crendo que Ele nos perdoará e nos purificará, conforme o que disse (2Cr 7.14).
Não podemos continuar tão mundanizados, fofoqueiros, facciosos, mentirosos... Não há mais como proteger líderes corruptos, simplesmente porque falam o que nos agrada ou por terem uma bela oratória. Não temos mais que tolerar os “artistas do mundo gospel” falando e cantando tanta porcaria em nome de Deus.
É urgente que busquemos ser cheios do Espírito Santo (Ef 5.18), que nos coloquemos prontos para ouvir a Palavra, que sejamos confrontados com a verdade de um Deus que exige santidade, retidão e compromisso daqueles que querem ser chamados filhos da luz.
Que o Deus da Bíblia AVIVE a Igreja!

16 comentários:

Renato Rocha disse...

Olá Caco,
Creio que a cada dia tem crescido o número de pessoas que pedem por uma nova reforma, um avivamento(muito cuidado com essa palavra porque têm pessoas que acha que avivamento é fazer mais barulho)no entanto vc colocou bem o significado de avivamento, entretanto só não sei se o número de pessoas que cresce pendindo mudanças são na mesma proporção dos que se decepciona com a instuição Cristã, sem comparar com a quantidade dos que se dizem Cristão. Um Abraço

Alberto Nanet disse...

Rapá, não sabia que vc tinha Blog, vi no seu perfil no Orkut.

Li a mensagem e achei bacana. Só fiquei aqui pensando...
Na minha opinião ja estamos no fim disso tudo. Daqui pra frente é ladeira à baixo, você acha mesmo que uma reforma viria bem à calhar?!

Um abração p/ vc cara!

Isaac Marinho disse...

É isso!
Infelizmente, grande parte das Igrejas "Evangélicas" tem pouco ou nada do Evangelho; há sim uma grande necessidade do verdadeiro avivamento, de nos voltarmos para Deus de todo o coração, reconhecendo que carecemos dEle e apresentando nossas vidas em sacrifício vivo, santo e agradável a Ele. Muitas pessoas tem se alienado do Evangelho bíblico para viver esse 'evangelho' de facilidades, sem compromisso com a palavra de Deus, muito menos com o próprio Deus. É bom lembrarmos de onde caímos, voltarmos à essência do Evangelho, puro e genuíno, antes que, nessa mornidão espiritual e moral, sejamos vomitados. Que Deus em sua graça nos dê o avivamento que tanto carecemos!
Paz seja contigo!

Pr. Caco N. Pereira disse...

Renato meu mano...
Avivamento que falo é o bíblico.. é resultado de povo de Deus quebrantado pela PALAVRA, movido a realizar a missão de ADORAR em atos e palavras....

débora disse...

Cara, você expressa aqui o que me incomoda. E o faz de tal forma que não estou conseguindo dormir, acordar estudar. Mas as coisas em minha cabeça estão confusas. Ao mesmo tempo que eu quero ser o "cão que ladra" e o "vigia que guarda" eu quero ser o "cão mudo" e o "vigia que dorme".
Suas reflexões têm sido de grande valor. Traz estímulo, mas ao mesmo tempo traz temor. Existe algo seríssimo que relatou: mentirosos, enganadores, fofoqueiros e afins...
Necessitamos de mudança. Mudanças Já!
Que comece em nós!

Pr. Caco N. Pereira disse...

Amém Débora! Amém!!!Sejamos nós os primeiros, ponhamos os joelhos no chão e com lágrmas nos olhos plantemos a mudança... Os que com lágrimas semeiam, sairão jubilosos carregando.....
Deus nos cuide!

Carol Frîncu disse...

Reverendo, "ecclesia reformata semper reformanda", é ou não é??
Acredito que este seja o tempo dos extremos. O tempo das maluquices em nome de Deus e também das omissões.
Nossa geração precisa mesmo "ficar ativa", como diria um avô meu, botar a mão na massa (leia ARADO) e agir ainda mais agora que vemos que "se aproxima o tempo". Abraços!aq

Amanda disse...

pois é pastor...
gostei muito da postagem sobre avivamento!!!
e concordo plenamente com o q está escrito!!!
a igreja precisa acabar com o show e restaurar o louvor!!!
ultimamente tá um caso sério...
acredito que o temor a Deus também está sendo perdido...
PRECISA-SE SIM DE UM AVIVAMENTO!!!

Rev. Liberato Pereira dos Santos disse...

Amigo Caco, excelente reflexão! Aguardo com expectativa o grande avivamento que Deus realizará em sua igreja, espero que seja na minha geração. Adicionei o seu blog na minha lista de recomendação. Entre no meu, pois sempre tem novidades... Um grande abraço.

pri disse...

Concordo com seu texto.
Ser evangélico hoje em dia é moda e dá um certo status para as pessoas. Virou uma troca para persuadir as pessoas a crerem em algo que as pessoas não são, do tipo "sou evangélico, portanto sou honesto, pode confiar em mim" ou "sou evangélico, portanto não tenho problemas" e por aí vai... Perderam a essência de que existe um Deus que enviou o seu único filho para salvar miseráveis pecadores. Sem esse sacrifício não somos NADA!
Acho que a começar de mim, temos que nos colocar mais diante de Deus, o buscando em oração e meditando na sua palavra para o povo que é de fato de Deus possa fazer a real diferença!

Nádya disse...

Oi Pastor, muito verdadeiro o seu texto.
O cristianismo tem sido deturpado para agradar aos que buscam materialismo dentre outros.
Junto com o avivamento precisamos de uma nova reforma protestante, penerar as igrejas que se dizem evangelicas e assima de tudo, Bíblia e oração.
Como o senhor colocou, somo mais de 30 milhões, que sejamos 15, 7, 5 ou até mesmo 1 milhão de cristão. Mas que esse 1 milhões de pessoas que se dizem cristãs, sejam de qualidade e que acima de tudo, agrade o coração de Deus.

Fica na Paz Pastor!
Vou visitar aqui sempre. Amei o conteúdo e a forma que ele foi explicito.
Tchau!
Deus abençoe!

Pastor Marcelinho disse...

Vc tem razão, hoje nas igrejas temos pessoas querendo reconhecimento e não são conhecidas nos céus. Pessoas querendo aparecer.
Precisamos mesmo de um avivamento, e isso tem que começar em nós pastores.
Devemos orar pelos líderes e que Deus nos use e começe em mim.
Deus abençoe o teu ministério!

Ellen Cris disse...

Hoje "ser crente" virou moda, muitos aceitam só por modismo msm não levando em conta a verdadeira essencia do cristianismo, é necessário q haja um avivamento p q o Brasil veja o q é ser cristão de verdade, e q possa ver em nós.

Necessitade de Deus disse...

É desse tipo de atitude que precisamos ter , abrir a boca para falar a verdade doa em quem doer. Cristianismo sério não é carrancudo, mas é zeloso e ama apenas ao Senhor e acima de tudo busca a sua vontade não a nossa.

Marcos disse...

É um tema muito polemico, pois a própria bíblia nos fala dos falsos profetas, são estes os hipocritas que estão diantes de muitas Igreja, que na realiade podemos chamar de seita. Não se adimite ter Igreja como: Igreja da Paz, Igreja de Benção, Igreja do Caminho, e mais e mais, e cada um que abre uma Igreja da a sua demominação conforme as doutrinas tracadas pelos falsos pastores. Regras e interpretações erroneas de como ele ve a Bíblia. As vezes estes Pastores não sabem nem se quer o significado da palavra Igreja, qual a sua finalidade. Não quero julgar, mas vocês mesmo poderam buscar estes fatos e qual a procedência destes pastores que abre uma Igreja, qual a razão deles terem saido de sua Igreja. São fatos alarmantes.
O caminho de um cristão não é fácil, é estreito, cheio de perseguições, tribulações, tudo que pode desviar do caminho reto que é Jesus. Por isso devemos crescer o nosso AVIVAMENTO fortalecendo primeiro o nosso "Espirito".

Marcos disse...

Olá Pastor td bem? meu nome é Marcos te add no orkut porque te vi na comu pastores presbiterianos, não te conheço pessoalmente, mas penso que o contato entre nós pastores é importante, por esta razão te add, não consegui mandar um scrap para você por isso deixo este comentário
abs
Rev. Marcos