terça-feira, 22 de julho de 2008

Um Salmo de Avaliação

Você já leu o salmo 15? É certamente um dos textos mais confrontadores da Escritura. Nele o salmista nos faz duas perguntas que têm o mesmo sentido e que objetivam asseverar o caráter do cidadão dos céus. O poeta queria deixar claras as exigências para ser aceito no “monte do Senhor”. Quem habitará no teu tabernáculo? Quem há de morar no teu santo monte? (1)
As respostas dadas nos versos seguintes revelam-nos muito mais do que a lista de exigências a serem cumpridas, elas nos mostram como reconhecemos um cidadão dos céus. Ele é identificado pelo que faz e pelo que não faz, pelo sim e pelo não que diz.
O cidadão dos céus é alguém que vive em retidão, na prática do que é justo; um verdadeiro filho de Deus tem seu coração cheio da verdade; por ser verdadeiro, tem por desprezível aquilo e aquele que é reprovável diante do Senhor. Simplesmente odeia o que aborrece ao a Yaweh. Ele honra os que temem ao Senhor. (2, 4a).
Um cidadão das moradas celestiais é tomado por um sentimento tão profundo de humilhação diante do Senhor que em determinadas situações é capaz de “jurar com dano próprio”, ele está pronto para se, necessário for, tomar sobre se a injustiça, porque para um filho da luz, melhor é sofrer a injustiça do que cometê-la (4b).
Por outro lado um homem que de fato teme ao Senhor e que tem seu lugar reservado nos céus não é capaz de difamar com a língua, ou de maquinar o mal para o próximo ou ainda de lançar sobre o outro acusação (testemunho) falso. Ele não se aproveita das dificuldades dos mais pobres para lhes explorar em suas necessidades.
Esse salmo tem que levar-nos a uma reflexão: será que temos em todo tempo vivido como cidadão dos céus? Será que temos sido homens e mulheres retos diante do Senhor de nossas vidas? Quando paramos e refletimos chegamos a conclusão que temos andado em todo tempo como embaixadores do reino de Deus?
Gostaria de lhe convidar a refletir sobre esse salmo. Pense direito, avalie sua vida. Dedique seu tempo, suas emoções, suas orações a uma busca sincera pelo Senhor da Palavra, pelo Deus da aliança. Peça a ele que lhe dê forças para andar em todo tempo e em qualquer lugar como cidadãos dos céus.
Que o Senhor lhe bendiga!
Um abraço afetuoso!

19 comentários:

Noka disse...

Gostei pastor Ricardo!
Estarei refletindo mais sobre este salmo e espero sinceramente buscar as características do cidadão dos céus! Parabéns pelo blog!
Será uma benção p todos nós!
Abraço

Vitoria disse...

Muito boa essa reflexão...é sempre importante avaliarmos a nossa conduta em relação ao pai e as coisa celestiais...Independente de religião o amor de Deus se manifesta na terra pelos seus filhos então devemos agir como verdadeiros "habitantes do céus" mesmo vivendo nesse mundo tão difícil...

Desjo força e muita fé para que todos nós possamos ser intrumentos de amor aqui na terra...

débora disse...

Ótimo texto sobre as características do verdadeiro cidadão celestial.
Acredito que um dos lugares onde o cristão 'não fala a verdade' é dentro da Igreja no momento dos louvores; e o verdadeiro cidadão do céus é aquele que anda sinceramente e fala a verdade no seu coração.
Esse texto nos faz refletir mesmo sobre como anda a nossa vida cristã diante de Deus e diante dos homens.
O blogger será uma bênção para todos nós!

Ana disse...

Gostei da reflexão, pastor... realmente é um salmo a se refletir.
Valeu por compartilhar
:)

Jotapê disse...

Pastor Ricardo!
Deus abençoe sua vida sempre e continue lhe dando a graça de escrever estas mensagens para os amigos...
Vou refletir um pouco mais sobre este salmo!
Abraço
Saudades

Pietro Gabriel disse...

Grande Pastor Ricardo... ótima reflexão, me fez analizar minha conduta como servo cristão!!! grande abraço e felicidades!!!!

Pri =) disse...

Caco xatu blogueiroooo! Que legal =) Depois se vc quiser faço um layout personalizado pro ce :) Beeeijo!

Dudu Ramos disse...

pARÁBENS PASTOR QUE DEUS TE ABENÇOE
GOSTEI MUITO DA MENSAGEM

Crica disse...

Parabéns pela meditação, Révi Caco!
É um convite a uma auto-avaliação do nosso caráter, da nossa vida e o que ela tem de semelhante ao cidadão celeste descrito por Davi. Que Deus o abençoe hoje e sempre!
Um grande abraço!

Pastor André disse...

Ei, entrou pra família dos blogueiros...rsrs. Paabéns pelo blog e atigo, muito edificante. Deus te bendiga. Abraços fraternos.

Bruno disse...

Minha véia! Que saudades quando dividimos o quarto no Seminário Presbiteriano do Norte. Saudades! PARABÉNS PELO BLOG....

Pr. Caco N. Pereira disse...

Brunos.....
A Véia era vc rapá.. hauhahauha
Como vc tá mano?
Brigado pela visita.....

Jailson disse...

Olá Rev. Gostei da reflexão feita no livro de Salmo. Escrever com o coração e fazer uma leitura do autor primário, é um desafio para os ministros e só aqueles que tem a mente apurada e o coração no altar pode fazer tal refelxão. Deus te bendiga

eliezer gomes disse...

Prezado amigo, Pastor Caco,

Realmente muito oportuna a reflexão que suscita este Salmo. Precisamos mesmo parar sempre para aprofundar a Palavra de Deus, pois, temos muito o que vencer do velho homem. Parabens pelo Blog,
Forte abraço,
Em Cristo,
Eliezer Gomes
Diácono da Igreja Presbiteriana de Jaguaribe

Rev. Liberato Pereira dos Santos disse...

Querido Pastor Caco
Gostei imensamente do seu blog, precisamos utilizar a net para proclamar as boas novas de salvação. Há muito lixo nela, mas podemos abençoar as pessoas com palavras de vida.
Um grande abraço

Fabio disse...

Muito edificante esta mensagem meu irmão. Parabéns pelo blog. As mensagens irão edificar muitas pessoas. Pois não nos envergonhamos do evangelho porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que nEle crer.
abração Pastor.
saudações em Cristo Jesus.

Saulo disse...

grande Ricardo, muito boa sua reflexão, nesse tempo onde o jeitinho brasileiro cabe em todo lugar, somos desafiados pelos princípios de Deus a vigiar em nossas atitudes e palavras, abraço, Deus te guarde.

Isaac Jefferson disse...

Parabéns Pastor Ricardo!!!
Fico linda a mensagem e vou medidar +++ nesse salmo p/ se tornar cada vez mais um servo de Deus e com os objetivos certos de acordo com a palavra dEle.... Q deus continui te abençoando a vc e a irmã Drica q é uma serva de Deus.... Parbéns!! Ficou sensacional....
A Paz do seu amigo

Marcos disse...

Esta avaliação eu relaciono com a parábola do semeador em Mateus 13. Como eu posso galgar algo se não plantar bons frutos?
Um Abraço